Sobre nós

As finalidades da ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA TODOS CONTRA A PEDOFILIA -ABCP consistem em: Articular e promover de forma sistemática e permanente o "Movimento Todos Contra a Pedofilia. Estimular e desenvolver o pleno exercício da cidadania, incentivando a participação consciente da sociedade, na defesa dos direitos das crianças, adolescentes e suas famílias em relação às questões de: abuso, favorecimento e demais maneiras de exploração sexual, pornografia infantil (produção, venda divulgação, posse, simulação), bem como outras formas de violência sexual correlacionada tais como Pedofilia, estupro, corrupção e intermediação de menores da prostituição, satisfação de lascívia mediante presença de menores, tráfico internacional e nacional de pessoas para fim de exploração sexual, rufianismo, assédio sexual e aliciamento de menores, em todos os fóruns pertinentes.

Tem também como finalidade denunciar e incentivar as denúncias de casos e/ou situações de abuso, favorecimento e demais maneiras de exploração sexual. Difundir atividades educativas, culturais e científicas, contribuindo para a realização de pesquisas, conferências, seminários, fóruns, debates, cursos, treinamentos, dentre outros, visando à promoção do respeito à criança em desenvolvimento e também a garantia dos seus direitos, previstos em lei; assim como viabilizar e organizar a implementação anual da “Semana Todos Contra a Pedofilia”.

Vídeo

Cascavel Contra a Pedofilia

Vt que estará no ar a partir de amanhã na Catve, RicTV, Tv Tarobá e RPCTV Oeste. Compartilher! Obrigado a todos pelo apoio

Posted by Em Cascavel, TODOS Contra A Pedofilia on Tuesday, May 7, 2013

INFORME-SE

ALGUMAS INFORMAÇÕES PARA OS PAIS OU RESPONSÁVEIS (CPI CONTRA A PEDOFILIA)

O que é pedofilia?

A pedofilia é um desvio da preferência sexual (fantasias desejos e atos sexuais) em que a pessoa tem predileção pela prática de sexo com crianças ou pré-puberes. Geralmente o pedófilo (aquele que pratica pedofilia) não é doente mental e tem plena consciência do que faz, embora em alguns casos a pedofilia possa ser considerada um transtorno mental.

Como agem os pedófilos?

O pedófilo quer duas coisas: proximidade e privacidade para praticar seus atos ilícitos. Ele tem táticas para isso
> Detecta e atende desejos e necessidades da criança que passam despercebidos até pelos pais
> Oferece à criança algo que ela quer ou de que gosta ou precisa, inclusive presentes caros. Por isso, a criança se sente devedora e tem mais dificuldade em negar seus pedidos.
> Se mostra como um adulto alegre e conquista a amizade da vítima, participando de jogos e brincadeiras.
> Conhece o universo infantil, filmes, artistas, programas preferidos e com isso estabelece interesses em comum para que a criança queira ficar próxima a ele.
>Oferece passeios sem a companhia dos pais para ficar sozinho com a criança.

O que é abuso sexual infantojuvenil?

É o ato praticado pela pessoa que usa criança ou adolescente para satisfazer seu desejo sexual, ou seja, é qualquer jogo ou relação sexual, ou mesmo ação de natureza erótica, destinada a buscar o prazer sexual com crianças ou com adolescentes Também pode ser qualquer forma de exploração sexual à crianças e adolescentes (incentivo à prostituição, escravidão sexual, turismo sexual e pornografia infantil).

De que forma pode ocorrer o abuso sexual?

O abuso sexual pode ocorrer de diversas formas e em qualquer classe social, das seguintes maneiras: Sem contato físico por meio de "cantadas" obscenas, exibição dos órgãos sexuais com intenção erótica, pornografia infantil (fotos e poses pornográficas ou de sexo explícito com crianças e adolescentes); Com contato físico: por meio de beijos, carícias nos órgãos sexuais, ato sexual (oral, anal e vaginal); > Sem emprego de violência: usando-se da sedução, persuasão mediante presentes e/ou mentiras
> Com emprego de violência: usando-se de força física ou ameaças verbais
> Na forma de exploração sexual: pedir ou obrigar a criança ou o jovem a participar de atos sexuais em troca de dinheiro ou outra forma de pagamento (passeios, presentes, comida).

Quem são os abusadores?

Os abusadores são, na maioria das vezes, pessoas aparentemente “normais” e do círculo de confiança das crianças e adolescentes como por exemplo familiares, amigos, vizinhos, colegas ou mesmo os seus responsáveis. Mas podem ser desconhecidos também, os quais abordam a vítima pessoalmente ou pela internet. Nesse caso, por meio dos chamados sites de relacionamento. Nesses ambientes virtuais, alguns se fazem passar por crianças e adolescentes, criam com a vítima um laço de amizade através do qual tentam marcar um encontro. Também há abusadores que pedem para que a vítima tire suas roupas e exponha o seu corpo diante de uma câmera de vídeo (webcam) e depois passam essas imagens pela rede, fazendo ameaças e chantagens contra as vítimas.

Em que locais pode acontecer o abuso sexual?

Nos mais variados lugares, a começar pela própria casa, nos parques, nas ruas, nas praias, na vizinhança, nas escolas consultórios médicos, transportes públicos e particulares, e até por meio do telefone ou do computador (internet).

Como ficam as crianças que sofreram abuso sexual?

Geralmente, as crianças vítimas de abuso sexual tornam-se retraídas; perdem a confiança no adulto; ficam aterrorizadas, deprimidas e confusas; sentem medo de ser castigadas, às vezes até sentem vontade de morrer; perdem o amor próprio; têm queda no rendimento escolar e apresentam sexualidade não correspondente à sua idade. Essas são apenas algumas das consequências, dentre tantas.

Que sinais físicos indicam que uma criança ou adolescente foi vítima de abuso sexual?

Os sinais físicos mais comuns são: > Lesões em geral e hematomas
> Lesões genitais
> Lesões anais
>Ganho ou perda de peso. Enurese noturna (urinar na cama ou na roupa)
> Encoprese noturna (resistência em defecar, dor)
> Doenças sexualmente transmissíveis (gonorreia, cancro, herpes genital, AIDS)
> Sono perturbado (pesadelos e/ou agitação, insônia ou hipersônia).

O que é a lei do silêncio?

É quando a criança vítima de abuso sexual é obrigada a se calar geralmente por medo das ameaças feitas pelo abusador. Também existe a situação em que o abusador faz a criança se sentir culpada e esta não denuncia por "vergonha". Outra situação ocorre quando a família fica sabendo e tem medo de denunciar, pensando que algo pior pode acontecer ou, ainda, quando a família é ameaçada ou se torna conivente com a situação.

Como previnir o abuso e exploração sexual infantil?

Cuide de seu filho, dê a ele toda a atenção que puder: > Saiba sempre onde estão as crianças e adolescentes, com quem estão e o que estão fazendo; Ensine-os a não aceitar convites, dinheiro, comida e favores de estranhos, especialmente em troca de carinho. Sempre os acompanhe em consultas médicas;
> Converse com seus filhos: crie um ambiente familiar tranquilo;
> Conheça os seus amigos, principalmente os mais velhos
> Supervisione o uso da Internet;
> Oriente seus filhos a não responder e-mails de desconhecidos, muito menos enviar fotos ou fornecer dados (nome, idade telefone, endereço);
>Jamais forneça suas senhas da internet a outras pessoas, por mais amigas que elas sejam

Podemos dizer que pedofilia, pornografia e exploracão de criancas e adolescentes integram uma rede de crime organizado pela internet?

Sim. Não se pode calcular a soma de dinheiro que essas práticas movimentam no Brasil e exterior, pois geralmente estão ligadas a outros crimes, como tráfico de drogas e desvio de dinheiro. As pessoas que praticam esses atos pela internet podem ser chamadas de "ladrões da inocência". Elas trocam informações, negociam imagens pornográficas infantis, trocam desejos e fantasias sexuais daqueles que são vítimas de abuso sexual, merecendo, por isso, atenção especial das autoridades. O Brasil é um dos três países que mais utilizam a internet para pedofilla. Dados indicam que atualmente a quantidade de dinheiro que circula nesses tipos de crime é maior que a do tráfico de drogas.

Devo proibir o acesso de crianças a internet?

Não! Apesar dos problemas comentados, isso não significa que a Internet seja ruim ou deva ser proibida para as crianças. A Internet é um meio de comunicação como qualquer outro (televisão, rádio, jornal etc.) e, portanto, pode ser usado para o bem e para o mal. Entretanto, cabe aos pais e responsáveis verificar as páginas e sites acessados por seus filhos, para que esses não sejam vítimas de crimes cibernéticos (entre eles o abuso sexual). Os pais também devem estar cientes por onde e com quem seus filhos andam, o que estão fazendo, entre outros.

ATENÇAO! O que fazer quando a criança ou adolescente disser que foi vítima de abuso sexual?

A principal providência é acolher a vítima e levá-la ao atendimento médico e psicológico o mais cedo possível. Algumas outras atitudes também são importantes: > Estar disponível para ouvi-la, sem censurá-la ou julgá-la;
> Incentivá-la a falar devagar sobre o que se passou;
> Não culpá-la pelo acontecimento
> Oferecer proteção e prometer que tomará providências
> Dar a ela apoio e carinho;
> Consultar um médico
> Consultar psicólogo.
> Informar as autoridades.

Atualmente existem os seguintes crimes ligados à pedofilia:

Previstos no Código Penal:
> Estupro de Vulnerável (vulnerável é a pessoa menor de 14 anos ou aquela que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem a compreensão ou o discernimento necessário à prática de ato sexual, ou, por qualquer outra causa, não pode opor resistência)
> Corrupção de menores - intermediação de menores de 14 anos para satisfação de lascívia alheia
> Satisfação de lascívia ato de praticar sexo ou ato libidinoso na presença de criança ou adolescente menor de 14 anos
> Favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de vulnerável.

> Tráfico internacional de pessoa para fim de exploração sexual
>Tráfico interno (nacional) de pessoa para fim de exploração sexual
> Rufianismo - tirar proveito econômico da prostituição de outra pessoa menor de 18 anos >Assédio sexual contra menores de 18 anos
Em todos os casos acima a pena é aumentada quando resultar em gravidez ou se o agente transmite à vítima doença sexualmente transmissível de que sabe ou deveria saber ser portador. É importante saber que, sendo a vítima menor de 18 anos, os processos correrão em segredo de justiça

Previstos no Estatuto Da Criança e do Adolescente: Produção de pornografia infantil; Venda de pornografia infantil; Divulgação de pornografia infantil; Posse de pornografia infantil; Produção de pornografia infantil simulada (montagem) Aliciamento de criança.

Como o adulto deve se portar em relação à criança e ao adolescente vitimas de abuso?

O adulto deve proporcionar um ambiente que favoreça a conversa franca, a segurança, a proteção, o cuidado, condições básicas de higiene, alimentação, respeito às suas a limitações, ao seu corpo físico e emocional.

DENUNCIE A PEDOFILIA!

A denúncia pode ser anônima? Por sua própria natureza, os casos de abuso sexual causam constrangimento e medo. Por isso, na maioria das vezes, as vítimas não os denunciam às autoridades, deixando o abusador livre para continuar seus crimes.
Qualquer pessoa pode denunciar! Inclusive através de denúncia anônima, embora seja muito melhor a denúncia da pessoa que se revela. Basta comparecer, acessar ou telefonar para algum dos locais acima, fornecendo as informações que tiver. Está em nossas mãos salvar a dignidade, a saúde e, muitas vezes, a vida de uma criança.

Blog

Todos Contra a PEDOFILIA - Casé Fortes

18 de maio é dia nacional de combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes. A Rede Minas produziu uma série de vídeos que pretente informar e alertar aos pais e responsáveis sobre o que é pedofilia, quem a comete e como evitar a prática desse crime.

FAÇA A DIFERENÇA, REALIZE UMA DOAÇÃO HOJE!

Sua doação ajuda a ABCP a continuar realizando projetos para a proteger nossas crianças. Ser um doador é estimular e reconhecer a importância desse trabalho para toda a sociedade. Com a sua doação, podemos fazer muito mais!

ABCPBanco: 748 Agência: 0710 Conta: 43627-2

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA TODOS CONTRA A PEDOFILIA

Contato

Todos Contra a Pedofilia
Rua Francisco Bartinik, 1573 - Jardim Aclimação
CEP 85807-550
Cascavel/PR - Brasil